Mercado representará 10,4% do produto interno bruto (PIB) do Brasil daqui a quatro anos - atualmente, está em 9,6%

Em 2014, os gastos de usuários finais com tecnologia da informação devem chegar a US$ 134,2 bilhões, um aumento de 7,3% em relação aos US$ 101,3 bilhões previstos para este ano. Isto, segundo os dados do Gartner, aponta que este mercado representará 10,4% do produto interno bruto (PIB) do Brasil daqui a quatro anos – atualmente, está em 9,6%.

A fatia relacionada a telecomunicações é a mais alta: saindo de US$ 73,078 em 2010 para US$ 93,763 em 2014. A instituição acredita em um crescimento de dois dígitos nos mercado de software, PC, armazenamento e serviços de TI. Os gastos com servidores, ainda que robustos, devem representar o menor crescimento no período.

O estudo divulgado pela instituição também considera a realização da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos no Brasil. De acordo com o Gartner, os eventos vão direcionar fortes investimentos em TI, uma vez que haverá necessidade de construção de infraestrutura para suportar várias áreas como turismo, transporte e segurança. Apenas para a Olimpíada, a consultoria calcula a necessidade de investimentos na casa dos US$ 14 bilhões

Leia também:

Especial Gartner Symposium ITxpo 2010

 

Notícias PRNewswire