O gigante das buscas e outros provedores de serviços on-line enfrentam problemas com as ferramentas oferecidas que permitem o spam

Em uma lista com dez empresas, o Google foi apontado o terceiro pior provedor de serviços de spam, segundo a Spamhaus, uma organização sem fins lucrativos que realiza um trabalho com spams.

A organização afirmou que, enquanto todas as redes reclamam do spam, alguns trilham outros caminhos para vender serviços para emissores de spam. Há ainda os que escolhem não fechar as portas dos seus sistemas, porque fazer isso seria muito caro.

“A maioria dos provedores de serviços no mundo tem êxito em manter os spammers fora de suas redes e trabalham para ter uma reputação positiva anti-spam, mas o trabalho dessas empresas está ligado a um número pequeno de redes”, explica a Spamhaus em seu site.

McColo, baseada na Califórnia,  representa uma organização que já foi parte do problema. Quando a Hurricane Eletric cortou o serviço de internet da McColo, em novembro passado, o volume de spam caiu pela metade.  

Segundo descreve a Spamhaus, empresas que integram essas listas de spam estão em cumplicidade por parcimônia ou incompetência.

O Google, no entanto, não se encaixa nessas descrições. A companhia possui um grande time anti-spam e vem trabalhando para desativar os spammers em seus serviços. O grupo também continua investindo em segurança e reconhece a necessidade de fechar as brechas que são descobertas. Além disso, há políticas internas estabelecidas para limitar os abusos cometidos em seus serviços pelos spammers.

O problema que o Google e outras empresas provedoras de serviços on-line é que ferramentas que podem ser usadas de forma inadequada serão. E, usualmente, spammers e hackers utilizam essas brechas antes de qualquer um. Muitas das infrações citadas pela Spamhaus envolvem os serviços do Google, como o Google Docs, que é utilizado para redirecionar visitantes para outros sites.

Cedo ou tarde, o gigante das buscas consegue fechar essas brechas. A empresa diz que mantém contato com a organização anti-spam e tem dado passos para solucionar esse problema.

“Spam é um incômodo para todos os usuários da internet, e nós estamos trabalhando para desabilitar contas que cometem violações através de nossos produtos”, afirmou um porta-voz do Google por e-mail.

Veja o ranking dos 10 piores:

1 – sistemnet.com.tr;

2 – hostfresh.com;

3 – google.com;

4 – vsnlinternational.com;

5 – gilat.net;

6 – cnuninet.com;

7 – uatelecom.co.ua;

8 – sprint.net;

9 – verizon.com;

10 – simplenet.com

Notícias PRNewswire